Mestrado Profissional em Enfermagem Assistencial – MPEA

 

O Programa de Pós-Graduação Mestrado Profissional Enfermagem Assistencial (MPEA) oferece ensino orientado para a formação e o aprimoramento em alto nível de pessoal qualificado, comprometido com o avanço do conhecimento, visando o exercício de atividades técnicas, docentes e de pesquisa para fundamentação de uma prática profissional de enfermagem baseada em evidências científicas, conduzindo à obtenção do título acadêmico de Mestre em Enfermagem Assistencial.

O Programa de Pós-Graduação Mestrado Profissional em Enfermagem Assistencial (MPEA), foi criado em 2002, aprovado em 12/03/2003 pelo Conselho Universitário, e reconhecido pela CAPES em dezembro de 2003.

O Programa MPEA foi o primeiro curso de pós-graduação da Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa (EEAAC), e o primeiro programa de pós-graduação profissionalizante em Enfermagem criado no Brasil. Desde a sua criação, o MPEA vem contribuindo para o fortalecimento da Enfermagem, este programa articulou a criação do Fórum de Mestrados Profissionais sendo o primeiro ocorrido na EEAAC.

O Programa mantém estreita articulação com os serviços de saúde de Niterói, Rio de Janeiro, São Gonçalo, e outras cidades, tendo relevante contribuição para o aprimoramento de enfermeiros nas diversas áreas e subáreas do conhecimento.

O MPEA tem alcançado crescente inserção no mercado de trabalho nos serviços públicos de saúde e outros setores, empresas, instituições de pesquisa, atendimento domiciliar, instituições de ensino, instituições de longa permanência para idosos, indústrias e outras áreas.

Nesse âmbito de ação, o Programa MPEA se beneficia dessa ampla perspectiva de atuação, incluindo no campo assistencial do ensino contribuindo com a formação e, além disso, no aprimoramento dos próprios mestrandos ao exercício da docência na educação em saúde, educação básica,  e a nível técnico.

As produções de conhecimento, inovação e tecnologias proporcionaram melhorias e aprimoramento do cuidado e da gestão, com a implementação de variados produtos como softwares, manuais, além de processos assistenciais, e práticas educativas dentre outros, com inserção no campo prático de enfermagem nos diversos serviços, e inserção social mediante atuação de prevenção, promoção da saúde e orientações aos familiares e cuidadores.

 

Objetivos

 

Objetivo Geral

Capacitar enfermeiros para o exercício da prática profissional avançada e transformadora de procedimentos técnico-assistenciais, tecnológicos, educacionais e gerenciais nos diversos campos de atuação.

 

Objetivos Específicos

Promover a apropriação e a transferência do conhecimento científico e inovação para a prática profissional, tendo em vista as demandas sociais, profissionais e do mercado de trabalho;

Contribuir para formação profissional articulada com a solução de problemas agregando competitividade e visando melhor desempenho produtivo das organizações e o desenvolvimento da sociedade;

Qualificar de profissionais que possam pesquisar soluções inovadoras e criativas sobre o processo de cuidar e de gestão do cuidado e desenvolver novas aplicações, gerando tecnologias mais adequadas em amplas áreas da atividade de enfermagem;

Capacitar enfermeiros críticos e criativos para formulação, implementação e gestão de políticas públicas setoriais de saúde, e no campo da docência, pesquisa e serviços, numa visão humanística e ética em saúde.

 

 

Perfil do Egresso

A formação no Programa MPEA prevê um perfil de egresso voltado para a atuação prática assistencial qualificada baseada em evidências técnico-científicas, e com inserção social.

Nesse sentido, espera-se que o egresso seja capaz de demonstrar habilidades de aprimoramento em alto nível, mediante conhecimentos científicos, técnicos e tecnológicos com o desenvolvimento de produtos, processos, visando o exercício de atividades de pesquisa para fundamentação de uma prática profissional de enfermagem baseada em evidências científicas.

O perfil do egresso inclui a incorporação de habilidades para atuarem nos variados campos de atuação, que envolvem o exercício da prática assistencial, tais como: gestão, pesquisa, inserção social, docência, assim como produção de novos conhecimentos na área de enfermagem.

O perfil firma-se também no potencial empreendedor do egresso mediante a qualificação no desenvolvimento de produtos e processos técnicos/tecnológicos direcionados para a implementação nos serviços onde estão inseridos, com potencialização da criatividade e inovação, conforme consolidadas e aprimoradas durante a formação no MPEA.

 

 

Linhas de Pesquisa

  

Área de Concentração

 

Processos de Cuidar em Enfermagem

Investiga as bases teóricas da prática de enfermagem e ciências correlatas, oferecendo instrumental para a realização de estudos interdisciplinares sobre a intervenção da(o) enfermeira(o) junto aos indivíduos, famílias, comunidades e sociedade, assim como a utilização da tecnologia na pesquisa e no cuidado.

  

Linhas de Pesquisa

 

1. O Cuidado de Enfermagem para os Grupos Humanos

Desenvolvimento de estudos sobre a aplicação do processo de enfermagem nos diversos cenários de prática, oferecendo instrumental teórico e metodológico para a promoção da saúde, o diagnóstico precoce, o tratamento e a reabilitação de grupos humanos com base em evidências científicas.

  

2. O Contexto do Cuidar em Saúde

Desenvolvimento de estudos sobre o processo de gestão em enfermagem e as políticas públicas e de saúde, assim como de conceitos socioculturais em saúde e doença, e suas implicações para o cuidado de enfermagem, fornecendo instrumental teórico e metodológico para o estudo dos atores e das instituições de saúde.

  

LINK PARA ACESSO ÀS DISSERTAÇÕES: app.uff.br/riuff/handle/1/602

 

 

Traduzir